Hemofilia

O que é Hemofilia?

A Hemofilia é uma alteração genética e hereditária rara no sangue, que pode levar à coagulação inadequada, ou seja, é uma doença que o paciente nasce com facilidade para sangrar por faltar algum tipo de fator de coagulação no sangue.

Existem dois tipos: Hemofilia A (deficiência de fator VIII) e Hemofilia B (deficiência de fator IX). Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem mais de 12 mil pessoas com Hemofilia, com prevalência estimada de 1 para cada 10 mil nascidos para Hemofilia A e 1 para cada 50 mil nascidos para Hemofilia B. Na Hemoba existem aproximadamente 880 pacientes com esta patologia.

O principal sintoma desta patologia é o sangramento, que ocorre com maior frequência em joelhos, cotovelos, tornozelos, em outras articulações e músculos.

Quais são os sintomas da Hemofilia?

O sangramento é a manifestação clínica mais importante da Hemofilia. Os hemofílicos graves podem apresentar hemorragias espontâneas, muitas vezes, sem causa aparente, ou até mesmo secundária a sobrecarga ou atividade física e esforço. Os joelhos são frequentemente atingidos, pois suportam grande parte do peso do corpo. Outras articulações também podem ser atingidas, como cotovelo, punho e tornozelo.

Tratamento

A Fundação Hemoba é o centro de referência de atendimento dos hemofílicos na Bahia, possuindo uma equipe de profissionais qualificados que realizam de forma sensível o tratamento e acompanhamento da doença, criando vínculos afetivos com os pacientes. Na instituição, profissionais com diferentes formações acadêmicas da área da saúde interagem e avaliam o paciente tanto no aspecto físico, quanto no aspecto psicossocial.

O tratamento da Hemofilia consiste basicamente na reposição do fator anti-hemofílico. Paciente com Hemofilia A recebe a molécula de Fator VIII, e com Hemofilia B, a molécula do fator IX. Os medicamentos são fornecidos pelo Ministério da Saúde e distribuídos gratuitamente pelos hemocentros do país.