Recomendação às gestantes

Recomendação do Ministério da Saúde às gestantes

  •  Acompanhamento da gestação com um médico, por meio de consultas pré-natais, e realização dos exames recomendados;Havendo qualquer alteração no estado de saúde durante a gestação, ou na persistência ou agravamento de doença infecciosa pré-existente, comunique o caso aos profissionais de saúde do serviço assistencial para tratamento e adoção de providências para avaliação e acompanhamento da situação
  • Atualização das vacinas de acordo com o calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. A rede pública do SUS oferece vacinas eficazes e gratuitas, verifique quais são recomendadas para sua faixa etária e idade gestacional; o É importante lembrar que as vacinas, geralmente, têm um período que varia entre 10 dias e 6 semanas, até atingir a proteção esperada. Por isso, devem ser aplicadas com a devida antecedência; Informar à gestante sobre uso de medicamentos com potencial teratogênico;
  • Atenção com a procedência e a qualidade daquilo que se ingere (água, alimentos, medicamentos), consome ou tem contato, e o potencial desses produtos afetarem o desenvolvimento do bebê;
  • Não consumir bebidas alcoólicas ou qualquer tipo de drogas; não utilizar medicamentos sem orientação médica;
  • Evitar contato com pessoas doentes, principalmente durante os cinco primeiros dias de doenças sabidamente infecciosas;
  • Antes e durante a gestação é necessário proteger-se da presença em locais infestados e das picadas de insetos:
  • Evitar horários e lugares com presença de mosquitos; sempre que possível utilizar roupas que protejam partes expostas do corpo; consultar o médico sobre o uso de repelentes e verificar atentamente no rótulo a inexistência de contraindicação em gestantes e definição da frequência do uso; proteger as residências e outros locais de permanência com barreiras para entrada de insetos tais como: telas de proteção, mosquiteiros, ar condicionado, entre outras disponíveis e adotar medidas que possam reduzir criadouros de mosquitos transmissores de doenças: eliminar recipientes que tenham água parada e cobrir adequadamente locais de armazenamento de água.

Orientações sobre uso de repelentes de inseto durante a gravidez (ANVISA)