Novo coronavírus

O que é o novo coronavírus?

É uma nova cepa da família coronavírus (CoV) que não havia sido previamente identificada em humanos. Os coronavírus são uma grande família de vírus que causam doenças que variam do resfriado comum a enfermidades mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARG).

Sintomas

Os sinais e sintomas clínicos do novo coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Em casos mais graves, a infecção pode causar pneumonia, síndrome respiratória aguda grave, insuficiência renal e até a morte. Os principais sintomas são:

Formas de transmissão

As formas de transmissão do novo coronavírus ainda estão em processo de investigação, mas já se sabe que acontece de pessoa para pessoa. Ainda não está claro com que facilidade acontece o contágio.

A transmissão dos coronavírus geralmente ocorre pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, toque e contato com superfícies contaminadas.

Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe e, portanto, o risco de maior circulação mundial é menor. O vírus pode ficar incubado por duas semanas, antes de apresentar os primeiros sintomas.

Diagnóstico

O diagnóstico do novo coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). É necessária a coleta de duas amostras nos casos suspeitos de coronavírus. As duas amostras serão encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Uma das amostras será enviada ao Centro Nacional de Influenza (NIC) e outra amostra será enviada para análise de metagenômica.

Tratamento

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do novo coronavírus, é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como:

Prevenção

Devem ser adotados cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas. Algumas medidas são:

Qual a diferença entre gripe e o novo coronavírus?

No início da doença, não existe diferença quanto aos sinais e sintomas de uma infecção pelo novo coronavírus em comparação com os demais vírus. Por isso, é importante ficar atento às áreas de transmissão local. Apenas pessoas que tenham sintomas e tenham viajado para Wuhan são suspeitos da infecção pelo coronavírus.

Quais cuidados devo ter se for viajar para a China?

Com o aumento do nível de alerta pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alto em relação ao risco global do novo coronavírus, o Ministério da Saúde orienta que viagens para a China devem ser realizadas apenas em casos de extrema necessidade. Essa recomendação vale até que o quadro todo esteja bem definido.

Notícias

29/01/2020 – Bahia não possui caso suspeito de coronavírus

Notas técnicas para profissionais de saúde

Nota Tecnica Conjunta Divep/Lacen/Sesab – Coronavirus (2019-nCoV) N° 01 de 28/01/2020.

Nota Técnica Conjunta SESAB/COSEMS/BASMS – Coronavírus (2019-nCoV) ǀ N° 02

Plano Estadual de Contingências para Enfrentamento do Novo Coronavírus – 2019-n CoV

PLANO-DE-CONTINGENCIA-novo-coronavirus-BAHIA-EM-REVIS–O

Fonte: Ministério da Saúde