Atendimentos odontológicos em tempos de Covid-19

Vive-se em um momento de pandemia mundial provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). Nesse cenário, foram estabelecidas algumas medidas e ações para ajudar a diminuir a disseminação da doença. No Brasil, entre estas ações, o Ministério da Saúde orientou a suspensão dos atendimentos odontológicos eletivos (aqueles que podem esperar), estando liberados apenas os atendimentos de urgência e emergência.

Os procedimentos realizados pelos cirugiões-dentistas e suas equipes aumentam a chance de contaminação e disseminação do novo coronavírus, pois há contato com a saliva e produção de respingos e aerossóis (partículas minúsculas que ficam em suspensão no ar do consultório).

 

 

Como acontece a transmissão da covid-19?

  • Contato com a boca, nariz ou olhos;
  • por meio de tosse ou espirro;
  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas;
  • pelo ar.

 

ATENÇÃO: CIDADÃO, SÓ PROCURE ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO EM CASOS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA.

 

Orientações para o profissional de Odontologia

O que são emergências odontológicas?

Sangramentos não-controlados. Celulite ou infecções bacterianas difusas, com aumento de volume (edema) de localização intra-oral ou extra-oral, e potencial risco de comprometimento da via aérea dos pacientes. Traumatismo envolvendo os ossos da face, com potencial comprometimento da via aérea do paciente.

Obs: Casos que potencializam o risco de morte ao paciente.

 

O que são urgências odontológicas?
  • Dor odontológica aguda, decorrente de inflamações da polpa – Pulpite. Pericoronarite ou dor relacionada a processos infecciosos envolvendo os terceiros molares retidos.
  • Alveolite pós-operatória, controle ou aplicação medicamentosa local.
  • Remoção de suturas.
  • Abscessos (dentário ou periodontal) ou infecção bacteriana, resultando em dor localizada e edema.
  • Fratura de dente, resultando em dor ou causando trauma do tecido mole bucal.
  • Tratamento odontológico necessário prévio a procedimento médico crítico.
  • Cimentação ou fixação de coroas ou próteses fixas se a restauração provisória ou definitiva estiver solta, perdida, quebrada ou estiver causando dor e/ou inflamação gengival.
  • Biópsia de alterações anormais dos tecidos bucais.
  • Ajuste ou reparo de próteses removíveis que estejam causando dor ou com a função mastigatória comprometida.
  • Finalização ou troca para medicação intracanal com hidróxido de cálcio e selamento eficaz com material resistente à mastigação para tratamentos endodônticos já iniciados, evitando dessa forma que o prognóstico seja desfavorável.
  • Cáries extensas ou restaurações com problemas que estejam causando dor.
  • Necroses orais com dor e presença de secreção purulenta.
  • Ajuste, troca ou remoção do arco ou dispositivo ortodôntico que estiver ulcerando a mucosa bucal.
  • Mucosites orais com indicação de tratamento com laserterapia.
  • Trauma dentário com avulsão ou luxação.

Obs: esses casos determinam prioridade para o atendimento, mas não potencializam o risco de morte ao paciente.

 

Quais são os procedimentos não classificados como urgência odontológica?
  • Consulta inicial de rotina ou de manutenção, incluindo limpezas/profilaxia e radiografias de rotina.
  • Procedimentos ortodônticos sem dor, infecção ou trauma.
  • Restauração de dentes com lesões cariosas assintomáticas.
  • Procedimentos odontológicos estéticos.
  • Cirurgias eletivas: como extração de dentes e cirurgias periodontais sem sintomas, implantes, cirurgia ortognática e demais cirurgias que não estão relacionadas às urgências e emergências.

 

Links úteis

Recomendações AMIB/CFO para atendimento odontológico COVID- 19: Comitê de Odontologia AMIB/CFO de enfrentamento ao COVID-19 Departamento de Odontologia AMIB – 1° Atualização 25/03/2020

Nota Técnica n° 44 Centro de Operações em Emergências de Saúde/SESAB

Fluxograma de atendimento odontológico

Nota Técnica nº 9/2020-CGSB/DESF/SAPS/MS – COVID-19 e atendimento odontológico no SUS – Ministério da Saúde 

CFO URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS – Material do Conselho Federal de Odontologia 

Como registrar no e-SUS APS quando for realizada uma teleconsulta 

Telessaúde Bahia

Serviço do Telessaúde Bahia: Teleconsultoria Especializada

POP para Atendimento odontológico a população durante a pandemia do coronavírus na Atenção Básica

Manual de Boas Práticas em Biossegurança para Ambientes Odontológicos

Versão resumida do Manual de Boas Práticas em Biossegurança para Ambientes Odontológicos

Website: EPI Saúde – Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP)

Orientações Sobre O Uso De Máscaras De Proteção Respiratória (RESPIRADOR Particulado – N95/Pff2 Ou Equivalente) Frente À Atual Situação Epidemiológica Referente À Infecção Pelo Sars-Cov-2 (COVID-19) – Ministério Da Saúde

Sistema Conselhos alerta: higiene bucal pode ajudar na prevenção de complicações da Covid-19

NOTA TÉCNICA Nº 26/2020/SEI/COSAN/GHCOS/DIRE3/ANVISA – Recomendações sobre produtos saneantes que possam substituir o álcool 70% na desinfecção de superfícies, durante a pandemia da COVID-19.

Nota Técnica Gvims/Ggtes/Anvisa Nº 04/2020 – Orientações para Serviços de Saúde: Medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). (atualizada em 08/05/2020)

ADA. What Constitutes a Dental Emergency?

ANVISA. PERGUNTAS & RESPOSTAS – Levantamento de questionamentos recorrentes recebidos pela Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde GGTES/ANVISA sobre a emergência de saúde pública internacional – COVID 19 – relacionada ao SARS-CoV-2.

Site da Sesab: Profissionais de saúde – Covid19

Site da Sesab: Ações Educativas – Covid-19

Videoaula: Manejo Resíduos de Serviços de Saúde
Professora: Ana Cristina Bispo (enfermeira da ESPBA/SESAB)

Videoaula: COVID-19 e atendimento odontológico no SUS
Professoras: Cláudia Wanderlei (cirurgiã dentista da ESPBA/SESAB) e Liane Gomes (cirurgiã dentista da ESPBA/SESAB)

Plantão Coronavírus: Coronavírus e Vigilância em Saúde na APS: quais os nossos papéis?
Palestrante: Sílvio Roberto Medina Lopes (Médico de Família e Comunidade), Julyana Maria Lopes Quintino (Médica de Família e Comunidade) e Lorene Pinto (Médica de Família e Comunidade)

Plantão Coronavírus: Orientações para Equipes de Saúde Bucal
Palestrantes: Rosangela Góes Rabelo (Enfermeira, cirurgiã-dentista) e Marcel Lautenschlager Arriaga (Presidente do Conselho Regional de Odontologia e Diretor da Faculdade de Odontologia da UFBA)

Videoaula: Protocolo de Manejo Clínico do Coronavírus (COVID-19) na Atenção Primária à Saúde
Professora: Marina Aquino (enfermeira da ESPBA/SESAB)

Videoaula: O que a equipe interprofissional deve saber sobre o COVID19?
Professora: Lilia Lima (Enfermeira da ESPBA/SESAB)

Videoaula: Higiene das mãos e do ambiente
Professora: Milena Guimarães (Enfermeira da ESPBA/SESAB)

Ministério da Saúde – Evidências Científicas para Profissionais de Saúde

 

Artigos científicos

SILVA, A.R.; PIZANTE, C.R.Visualização de áreas de contaminação, na prática odontológica, através do indicador químico fenolftaleína . J Health Sci Inst. 2017;35(2):101-4.

Contribuições e desafios da Atenção Primária à Saúde frente à pandemia de COVID-19. nterAm J Med Health 2020;3:e202003012

FRANCO, A.B.G. et al. Atendimento odontológico em UTI’s na presença de COVID-19. InterAm J Med Health 2020;3:e202003004.

FRANCO, A.B.G. et al. Importância da conduta do cirurgião-dentista frente à contenção e prevenção do Covid-19 .InterAm J Med Health 2020;3: e202003011.

 

Atualizado em abril de 2020